Análise da adesão à terapêutica medicamentosa dos portadores de Lúpus Eritematoso Sistêmico, atendidos em uma clínica especializada na cidade de Juiz de Fora – MG

Autores

  • Eduarda Pujoni Vieira Discente do curso de Farmácia da Fundação Presidente Antônio Carlos-FUPAC/Ubá.
  • Lara Cavallaro Discente do curso de Farmácia da Fundação Presidente Antônio Carlos-FUPAC/Ubá.
  • Geovane Elias Guidini Lima Docente do curso de Farmácia da Fundação Presidente Antônio Carlos -FUPAC/Ubá.
  • Luiz Gustovo de Oliveira Docente do curso de Farmácia da Fundação Presidente Antônio Carlos -FUPAC/Ubá.

Palavras-chave:

Lúpus Eritematoso Sistêmico, Adesão ao tratamento, Terapia medicamentosa, Doença autoimune

Resumo

Introdução: O Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES) é uma condição autoimune inflamatória crônica. Um dos principais problemas enfrentados pelo sistema de saúde é o abandono do tratamento pelo paciente ou o incorreto cumprimento das orientações prescritas. Objetivo: Avaliar os fatores relacionados à adesão à terapêutica medicamentosa dos portadores de Lúpus Eritematoso Sistêmico, atendidos em uma clínica especializada na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais. Materiais e Métodos: Foi desenvolvido um estudo quali-quantitativo observacional de natureza transversal. Participaram 15 pacientes com LES, atendidos em uma clínica na cidade de Juiz de Fora- MG, a avaliação se deu por meio de questionários validados e revisão de prontuários. Resultados: Dentre os pacientes entrevistados, 66,66% (10) foram classificados com baixa adesão. Os dados sociais e demográficos demonstraram predomínio da raça parda, ensino médio completo com média de idade 42,66 + 12,66 anos. O número de doses ingeridas em média foi de 6,47 + 3,77. As razões mais citadas para a dificuldade em tomar os medicamentos foram o esquecimento e a dificuldade de aquisição. Comprovou-se a existência de uma correlação significativa entre a adesão e as variáveis de apoio social e forma de aquisição dos medicamentos. Conclusão: A pesquisa revela a baixa adesão medicamentosa pela maioria dos pacientes, devido à complexidade do tratamento e a convivência com uma condição de cronicidade.

Biografia do Autor

Eduarda Pujoni Vieira, Discente do curso de Farmácia da Fundação Presidente Antônio Carlos-FUPAC/Ubá.

Farmacêutica generalista

Referências

: Tan MKX, Heng TYJ, Mak A. The Potential Use of Metformin, Dipyridamole, N-Acetylcysteine and Statins as Adjunctive Therapy for Systemic Lupus Erythematosus. Cells. 2019; 8(4): 323.

: Rodrigues RF, Peres LAB, Miolo N. Uso de tacrolimus na nefrite lúpica. Rev. Soc. Bras. Clin. Med. 2017; 15(4): 279-281.

: Costi LR, Iwamoto HM, Neves DCO, Caldas CAM. Mortalidade por lúpus eritematoso sistêmico no Brasil: avaliação de causas segundo o banco de dados de saúde do governo. Rev. Bras. Reumatol. 2017; 57 (6): 574-582.

: Freire EAM, Souto LM, Ciconelli RM. Medidas de avaliação em lúpus eritematoso sistêmico. Rev. Bras. Reumatol. 2011; 51(1): 70-80.

: Skare TL, Rocha BV. Câncer cervical e mamária em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico. Ver. Bras. Ginecol. Obstet. 2014; 36(8); 367-371.

: Figueirinha DSV, Almeida IS, Ribeiro IB. O conhecimento do adolescente portador de Lúpus acerca de sua doença: um instrumento para o cuidado. Adolesc. Saúde. 2009; 6(2): 19-24.

: Gariup M, Lera-Miguel S, Torres F, Varela E, Serra-Pagès C, González-Navarro A, et al. Autoantibodies, elevated cytokines, and neurocognitive abnormalities in offspring of women with systemic lupus erythematosus: comparison with healthy controls. Clin. Rheumatol. 2019.

: Costa LM, Coimbra CC, Batista E. Lúpus eritematoso sistêmico: Incidência e Tratamento em mulheres. Rev. Uningá. 2014; 20(1): 81-86.

: Almeida FP, Ferreira EAP, Moraes AJP. Effects of Instruction and Self-Monitoring on Adherence to Treatment of Juvenile Systemic Lupus Erythematosus. Trends Psychol. 2019; 27(1): 173-187.

: Neder PRB, Ferreira EAP, Carneiro JR. Adesão ao tratamento do lúpus: efeitos de três condições de intervenção. Psic. Saúde Doenças. 2017; 18(1): 203-220.

: Neder PRB, Ferreira EAP, Carneiro JR. Relação entre ansiedade, depressão e adesão ao tratamento em pacientes com lúpus. Rev. Para Med. 2015; 29(2): 7-15.

: Santos MO. Avaliação da adesão à terapia medicamentosa em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico, atendidos em hospital universitário na cidade do Rio de Janeiro, Brasil [Dissertação de Mestrado]. Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca; 2009.

: Oliveira-Filho AD, Morisky DE, Neves SJF, Costa FA, Lyra DP. The 8-item Morisky Medication Adherence Scale: Validation of a Brazilian-Portuguese version in hypertensive adults. Res. Soc. Adm. Pharm. 2013; 10(3): 554-561.

: Delgado AB, Lima ML. Contributo para a validação concorrente de uma medida de adesão aos tratamentos. Psicol. Saúde Doenças. 2001; 2(2): 81-100.

: Almeida Neto J, Rodriguez EL, Brelaz D. Avaliação da adesão ao tratamento e perfil dos pacientes atendidos pelo programa Hiperdia em Santa Bárbara de Goiás, Brasil [Monografia]. Brasília: Universidade de Brasília; 2005.

: Moreira LB. Adesão ao tratamento farmacológico em doentes renais crônicos atendidos pelo ambulatório do Hospital Universitário Walter Cantídio [Dissertação de Mestrado]. Ceará: Universidade Federal do Ceará, Departamento de Farmácia; 2005.

: Klein MJ, Gonçalves AGA. Adesão terapêutica em contexto de cuidados de saúde primários. Psico-USF. 2005; 10 (2): 113-120.

: Team RC. R: A Language and Environment for Statistical Computing. dim (ca533). 2018; 1(1358): 34.

: Agresti A. (2010). Analysis of ordinal categorical data. John Wiley and Sons. 2010; 656.

: Cavicchia R, Neto EB, Guedes LKN, Vianna DL. Qualidade de vida em pacientes com lúpus eritematoso sistêmico. J. Health Sci. Inst. 2013; 31(3): 88-92.

: Silva JP, Amadei JL. Influence of medical care in the quality of life (WHOQOL-100) of women living with systemic lupus erythematosus. Rev. Bras. Reumatol. 2016; 56(3): 198-205.

: Santiago MPB, Dantas NCB, Carvalho SBF, Viana RM, Fontenele SMA. Atividade, Gravidade e Prognóstico de pacientes com Lúpus Eritematoso Sistêmico – antes, durante e após primeira internação. J. Health Biol. Sci. 2014; 2(2): 65-73.

: Mehat P, Atiquzzaman M, Esdaile JM, AviÑa-Zubieta A, De Vera MA. Medication Nonadherence in Systemic Lupus Erythematosus: A Systematic Review. Arthritis Care Res. 2017; 69(11): 1706-1713.

: Chehab G, Sauer GM, Richter JG, Brinks R, Willers R, Fischer-Betz R, et al. Medical adherence in patients with systemic lupus erythematosus in Germany: predictors and reasons for non-adherence – a cross-sectional analysis of the LuLa-cohort. Lupus. 2018; 27(10): 1652-1660.

: Zheng Y, Ye D, Pan H, Li W, Li L, Li J, et al. Influence of social support on healthrelated quality of life in patients with systemic lupus erythematosus. Clin. Rheumatol. 2009; 28(3): 265-269.

: Santos LMO, Vilar MJ, Maia EMC. Mulheres com lúpus eritematoso sistêmico, sintomas depressivos e apoio social. Psicol. Saúde Doenças. 2017; 18(1): 39-54.

: Faria DAP, Revoredo LS, Vilar MJP, Maia EMC. Resilience and Treatment Adhesion in Patients with Systemic Lupus Erythematosus. Open Rheumatol. J. 2014; 8: 1–8.

: Carvalho ALM, Leopoldino RWD, Silva JD, Cunha CD. (). Adesão ao tratamento medicamentoso em usuários cadastrados no Programa Hiperdia no município de Teresina- PI. Ciênc. Saúde Colet. 2012; 7(7): 1885-92.

: Oliveira-Santos M, Verani JF, Camacho LA, Andrade CA, Ferrante-Silva R, Klumb EM. Effectiveness of pharmaceutical care for drug treatment adherence in patients with systemic lupus erythematosus in Rio de Janeiro, Brazil: study protocol for a randomized controlled trial. Trials. 2017; 18(1): 96.

: Bugni VM, Ozaki LS, Okamoto KY, Barbosa CM, Hilário MO, Len CA, et al. Factors associated with adherence to treatment in children and adolescents with chronic rheumatic diseases. J Pediatr. (Rio J). 2012; 88(6): 483-8.

: Garcia-Gonzales A, Richardson M, Popa-Lisseanu MG, Cox V, Kallen MA, Janssen M et al. Treatment adherence in patients with rheumatoid arthritis and systemic lupus erythematosus. Clin. Rheumatol. 2008; 27:883–889.

: Neder PRB. Lúpus Eritematoso Sistêmico: estudo comparativo entre modelos de intervenção para adesão ao tratamento [Tese de Doutorado]. Belém: Universidade Federal do Pará; 2015.

: Najjar ECA. Efeitos de regras sobre comportamentos de cuidados com os pés em pessoas com diabetes [Dissertação de Mestrado]. Belém: Universidade Federal do Pará; 2011.

: Braga MVN, Albuquerque LCD, Paracampo CCP, Santos, JVD. Efeitos de manipulações de propriedades formais de estímulos verbais sobre o comportamento. Psic.: Teor. e Pesq. 2010; 26 (4): 661-673.

: Tavares NUL, Bertoldi AD, Mengue SS, Arrais PSD, Luiza VL, Oliveira MA, et al. Fatores associados à baixa adesão ao tratamento farmacológico de doenças crônicas no Brasil. Rev. Saúde Publica. 2016; 50(2): 10.

Publicado

2022-09-29

Edição

Seção

Artigos Originais