Submissões

Submissões Online

Já possui um nome de utilizador/senha de acesso à revista Revista Científica FAGOC - Saúde?
Acesso

Não tem nome de utilizador/senha?
Registo de utilizadores

O registo no sistema e posterior acesso ou autenticação são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso.

 

Instruções para Autores

A Revista Científica FAGOC – Saúde é editada pela Faculdade Governador Ozanam Coelho, tendo iniciado suas publicações no primeiro semestre de 2016. Nosso objetivo é publicar artigos da área de saúde que possam contribuir para o conhecimento de todos aqueles que atuam, de alguma maneira, nessa área. 

A revista é publicada em versão impressa e versão online, tendo livre acesso através do https://revista.fagoc.br/index.php/saude/index

São aceitos artigos na língua portuguesa nas seguintes categorias: original, revisão, relato de casos e Descrição ou avaliação de experiências, métodos, técnicas, procedimentos e instrumentais.

A submissão dos artigos é totalmente gratuita, sem cobrança de qualquer taxa para os autores para publicação. 

 

NORMAS GERAIS

O processo de avaliação será feito às cegas pela Comissão de revisores, portanto, os nomes dos autores não devem ser mencionados no documento original.

A identificação dos autores e filiação devem ser apresentadas nos metadados.

Os manuscritos deverão ser digitados em Word for Windows e enviados exclusivamente pelo Sistema On-line de Submissão de Manuscritos (https://revista.fagoc.br/index.php/saude/about/submissions#onlineSubmissions), acompanhados dos documentos digitalizados: Carta de Declaração de Responsabilidade e Transferência de Direitos Autorais e de Conflito de Interesse.

As páginas do manuscrito devem estar numeradas e configuradas para papel A4, com margens superior e lateral esquerda com 3cm; inferior e lateral direita com 2cm.

Os manuscritos devem está digitados em fonte Times New Roman tamanho 12 e espaçamento entre linhas de 1,5 cm, com alinhamento do texto justificado.

As categorias dos artigos e o número de palavras deve obedecer à configuração abaixo, incluindo somente Introdução, Métodos, Resultados, Discussão, Conclusão:

  •  Artigos Originais: destina-se a divulgação de resultados de pesquisa inédita de natureza empírica, experimental ou conceitual (5 ilustrações e máximo de 4.000 palavras, excluindo-se página de rosto, resumo/abstract, agradecimentos, referências, tabelas e ilustrações).
  • Artigo de Revisão: destina-se a avaliações críticas e ordenadas da literatura sobre um determinado tema e sejam uma revisão crítica da literatura (5 ilustrações e máximo de 6.000 palavras excluindo-se página de rosto, resumo/abstract, agradecimentos, referências, tabelas e ilustrações).
  • Relato de caso: destina-se a descrição de pacientes, doenças ou situações interessantes que apresentem algum aspecto original, incluindo descrição de casos raros, comportamentos atípicos, assim como formas inovadoras de diagnóstico e tratamento (3 ilustrações e máximo de 3.000 excluindo-se página de rosto, resumo/abstract, agradecimentos, referências, tabelas e ilustrações).
  • Comunicação Breve: Uma breve comunicação é um relatório sobre um único assunto, que deve ser conciso, mas definitivo. Assim como os artigos originais, estes devem apresentar material inédito, porém, menos substancial e de particular interesse na área de relata, apresentando resultados preliminares ou resultados de relevância imediata (contendo no máximo 1.500 palavras, 03 ilustrações (figuras e/ou tabelas). 
  • Perspectiva/Opinião: São, preferencialmente, solicitados pelo Editor para um especialista da área, com o objetivo de apresentar e discutir de forma abrangente questões científicas no campo da nefrologia. Este tipo de artigo deve ser elaborado por pesquisadores experientes no campo em questão ou por especialistas de reconhecida competência. O manuscrito deve conter:

*  resumo, não necessariamente estruturado, com no máximo 250 palavras;

*  não ultrapassar mais do que 7 descritores;

*  corpo do texto contendo: introdução, discussão e conclusão, com até 3.000 palavras;

*  máximo de 40 referências.

 

  • Descrição ou avaliação de experiências, métodos, técnicas, procedimentos e instrumentais: destina-se a descrição ou avaliação crítica de novas experiências em serviços de saúde, métodos, técnicas ou instrumentais, e de procedimentos ou condutas adotadas como rotina ou em experimentação em instituições ou grupos profissionais atuantes (3 ilustrações e máximo de 3.000 excluindo-se página de rosto, resumo/abstract, agradecimentos, referências, tabelas e ilustrações).

Os artigos devem ser inéditos e não estarem sendo avaliados em outro periódico para publicação.

Todas as informações contidas no manuscrito são de inteira responsabilidade do(s) autor(es).

Trabalhos que envolvam estudos humanos e/ou animais e que tenham sido submetidos a avaliação de um comitê de ética deverão anexar ao artigo, como documento suplementar, a copia do parecer do Comitê de ética Institucional. 

As abreviaturas não são recomendáveis, exceto as reconhecidas pelo Sistema Internacional de Pesos e Medidas ou as consagradas nas publicações médicas, que deverão seguir as normas internacionais tradicionalmente em uso (aprovadas pelo documento de Montreal publicado no British Medical Journal 1979;1:532-5). Quando o número de abreviaturas for significativo, providenciar um glossário à parte. 

Quanto aos nomes de drogas, a utilização de nomes comerciais (marca registrada) não é recomendável; quando necessário, o nome do produto deverá vir após o nome genérico, entre parênteses, em caixa-alta-e-baixa, seguido pelo símbolo que caracteriza a marca registrada, em sobrescrito. 

Fica a critério da Comissão Editorial a seleção dos artigos que comporão a edição, sem nenhuma obrigatoriedade de publicá-los, salvo os selecionados e aprovados pelos pares.

 

A citação no texto deverá seguir o formato sobrescrito.

Exemplos:

 

          O Diabetes Mellitus do tipo 2 (DM2) tem alcançado proporções alarmantes, chegando a ser considerado uma epidemia1,2.

 

          Nesse sentido, estudos indicam que a qualidade do carboidrato incluído na dieta tem um papel essencial na saúde dos indivíduos2,3.

 

 

APRESENTAÇÃO DO MANUSCRITO

 

ARTIGO ORIGINAL

Deve seguir todas as orientações anteriores e ser estruturado com os seguintes itens:

Título: Deve ser conciso e objetivo e apresentado na língua portuguesa e inglesa.

Resumo/abstract: Devem conter, no máximo, 250 palavras e ser apresentado em português e inglês. Obrigatoriamente o resumo de ser apresentado de forma estruturada (Introdução, Objetivo, Métodos, Resultados, Conclusão) e palavras-chave/eywords  (Três a cinco palavras-chave que não constem no título do artigo, usar obrigatoriamente termos dos Descritores em Ciências da Saúde – DeCS -  em português e inglês, indicados pela Biblioteca Virtual em Saúde, disponível no link http://regional.bvsalud.org/php/index.php).

Introdução: Apresentar uma justificativa para o estudo, com referências ao assunto, evitando fazer uma revisão extensa. O objetivo do artigo deve vir no último parágrafo.

Métodos: Deve descrever todos os procedimentos utilizados para o desenvolvimento do estudo. Recomenda-se uma descrição clara da amostra, procedimentos éticos utilizados, identificação dos métodos e materiais e descrição dos procedimentos para análise e interpretação dos resultados. Deve permitir a reprodução dos resultados por leitores.

Resultados: Devem ser apresentados em sequência lógica e destacando apenas informações importantes. Pode ser descrito em forma de texto, tabelas e/ou ilustrações, evitando-se repetição de informações.

Discussão: Deve-se evitar repetir resultados já apresentados anteriormente, enfatize resultados importantes do estudo confrontando-os com resultados de outros estudos similares. Recomenda-se destacar as limitações e implicações para futuros estudos.

Conclusão: Objetiva e responder aos objetivos propostos. Pode está descrita no último paragrafo da discussão ou em item separado.

Agradecimentos: É opcional aos autores. Devem ser breves, diretos e dirigidos apenas a pessoas ou instituições que contribuíram substancialmente para a elaboração do manuscrito. Deverão estar dispostos no manuscrito antes das referências.

Referências: As referências estão limitadas a um número máximo de 35 e devem ser apresentadas na ordem em que aparecem no texto, numeradas e normatizadas de acordo com o Estilo Vancouver. A exatidão das referências é de responsabilidade dos autores. Alguns exemplos seguem abaixo:

Artigo com até seis autores: Segheto W, Costa JÁ, Coelho  FA, Andrade FM, Farnetano BS, Freitas R. Modelo de referencias bibliográficas. Revista Fagoc. 2017 Abr; 1(1):100-08.

Artigo com mais de seis autores: Segheto W, Costa JÁ, Coelho  FA, Andrade FM, Farnetano BS, Freitas R, et al. Modelo de referencias bibliográficas. Revista Fagoc. 2017 Abr; 1(1):100-08.

Livro: Costa JA, Oliveira MACA. Modelo de referências bibliográficas. 2ª edição. Ubá: Editora FAGOC; 2017.

Capítulo de livro: Costa JA, Oliveira MACA. Modelo de referências bibliográficas. In: Coelho FA, Segheto W, editores. Como fazer citações e referências. 2ª edição. Ubá: Editora FAGOC; 2017. P. 20-48.

 

RELATO DE CASO

Devem ser objetivos e precisos, contendo os seguinte itens:

Título: conforme orientações para artigo original

Resumo/abstract: conforme orientações para artigo original

Introdução: descrever o problema clínico, utilizando o caso como exemplo e informando a concordância do paciente em utilizar seus dados.

Descrição objetiva do caso: história, avaliação física, exames complementares, tratamento e acompanhamento.

Discussão:   implicações clínicas do caso, confrontando com a literatura.

Agradecimentos: Se houver, seguir normas descritas para artigo original

Referências: Máximo de 20 referências e seguir normas descritas para artigo original.

 

COMUNICAÇÃO BREVE

Devem ser objetivos e precisos, contendo os seguinte itens:

Título: conforme orientações para artigo original

Resumo/abstract: conforme orientações para artigo original

Introdução: Apresentar uma justificativa para o estudo, com referências ao assunto, evitando fazer uma revisão extensa. O objetivo da comunicação deve vir no último parágrafo.

Métodos: Descrever de forma clara a metodologia utilizada de forma que possa ser reproduzida por outros pesquisadores.

Resultados: Indicar os resultados mais importantes preferencialmente em forma de figuras, deve ser breve e conciso.

Discussão: Discutir confrontando os resultados encontrados com resultados de outros estudos similares. Recomenda-se destacar as limitações e implicações para futuros estudos.

Referências: o máximo 15 referências.

Figuras e/ou tabelas: Não serão aceitas mais que três. 

Máximo de 1.500 palavras.

 

ARTIGO DE REVISÃO

Devem ser enviados e não refletir apenas uma revisão de literatura. Deve buscar responder a uma questão importante na área da saúde. Deve conter:

Título: Conforme normas descritas para artigo original

Resumo/abastract: Conforme normas descritas para artigo original

Introdução: Deve trazer o estado da arte e contextualizar a questão a ser revisada

Métodos (quando houver): deve descrever, com exatidão, os procedimentos e critérios para a revisão da literatura, permitindo ao leitor obter os mesmos resultados.

Resultados (quando houver): apontar ao leitor quais os artigos, livros, documentos ou outros utilizados para a revisão.

Discussão (quando houver): deve apresentar ao leitor os pontos inerentes ao assunto/pergunta a ser respondida na revisão.

Conclusão: Deve responder ao objetivo proposto.

Referências: Mínimo de 30 referências, seguindo critérios já descritos para artigo original.

 

ILUSTRAÇÕES

Tabelas

Devem ser numeradas sequencialmente em algarismo arábico e ter títulos sucintos, assim como, podem conter números e/ou textos sucintos (para números usar até duas casas decimais após a vírgula; e as abreviaturas devem estar de acordo com as utilizadas no corpo do texto; quando necessário usar legenda para identificação de símbolos padrões e universais). As tabelas devem ser criadas a partir do editor de texto Word ou equivalente, com no mínimo fonte de tamanho 10.

As tabelas devem ser citadas no corpo do texto e apresentadas em páginas separadas.

Figuras

Serão aceitas fotos e figuras em preto e branco, devem ser originais e de boa qualidade. Os desenhos enviados poderão ser melhorados ou redesenhados pela produção da Revista, a critério do Corpo Editorial. Se houver figuras extraídas de outros trabalhos previamente publicados, os autores devem providenciar permissão, por escrito, para a reprodução. Essa autorização deve acompanhar o manuscrito submetido à apreciação para publicação. Todas as ilustrações, sem exceção, devem ser citadas no corpo do texto e ser apresentadas em páginas separadas.

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a sua conformidade em relação a todos os itens aqui listados. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

 

CHECK-LIST PARA SUBMISSÃO

Os artigos deverão contemplar os seguintes itens:

O processo de avaliação será feito às cegas pela Comissão de revisores, portanto, os nomes dos autores não devem ser mencionados no documento original. A identificação dos autores e filiação devem ser apresentadas nos metadados.

a) Título em português e inglês;

b) Resumo e abstract: estruturado em tópicos (introdução, objetivo, materiais e métodos, resultados, discussão e conclusão e/ou considerações finais) de acordo com o tipo do artigo (original, revisão, relato de caso, etc...) .

c) Palavras-chave e keywords: de no mínimo 3 e de no máximo 5, que identifiquem o conteúdo do artigo;

d) Corpo do Texto: contendo os principais elementos da pesquisa com os títulos e subtítulos (introdução, materiais e métodos, discussão, resultados conclusão e/ou considerações finais) de acordo com o tipo do artigo (original, revisão, relato de caso, etc...) .

e) Referências: No texto devem ser apresentadas de forma numerada em sobrescrito e ao final do artigo após o tópico conclusão e/ou considerações finais, devem ser enumeradas na ordem que aparecem no texto.

f) Obedecer às normas sobre figuras e tabelas, número de palavras de acordo com o tipo de artigo.

 

 

Condições para Submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. A contribuição é original e inédita e não se encontra sob revisão ou para publicação por outra revista. Caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao Editor".
  2. Os ficheiros para submissão encontram-se em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF (desde que não ultrapassem 2MB)
  3. URLs para as referências foram fornecidas quando disponíveis.
  4. O texto está em espaço duplo; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (excepto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  5. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Instruções para Autores, na secção Sobre a Revista.
  6. Em caso de submissão a uma secção com revisão por pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a Revisão Cega por Pares foram seguidas.
 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços fornecidos nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.