UM ESTUDO DE CASO SOBRE O REGIME REMOTO NUMA ESCOLA PÚBLICA DO MUNICÍPIO DE UBÁ

Tatiana Costa Coelho, Maria Eduarda Orozimbo Duda, Vitória Carvalho Sabino Vitória

Resumo


O presente artigo tem por objetivo analisar as transformações no ensino e nas práticas de ensino no sistema remoto apresentadas no contexto de crise sanitária em virtude da pandemia do Covid-19. Para isso foi feito um estudo de caso e foi aplicado um questionário estruturado aos professores de uma instituição de ensino da rede pública estadual, de modo a verificar o impacto do ensino remoto em sua função enquanto docente. Conclui-se que, mesmo diante dessas mudanças de paradigmas aceleradas pela pandemia, faz-se necessário refletir que, apesar de as novas tecnologias se tornarem ferramentas de grande valia, ainda existem desafios a serem superados, como é o caso da inclusão e da formação continuada do docente.

Texto Completo:

PDF

Referências


GÊNCIA BRASIL BRASÍLIA. MP dispensa escolas de cumprirem mínimo de 200 dias letivos. Disponível

em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2020-04/mp-dispensa-escolas-de-cumpriremminimo-de-200-dias-letivos. Acesso em: 20 mar. 2020.

AQUINO, Estela M. L. et al. Medidas de distanciamento social no controle da pandemia de COVID-19:

potenciais impactos e desafios no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, s. 1, p. 2423–2446, jun. 2020.

Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232020006702423

&tlng=pt.

ALVES, José Matias; CABRAL, Ilídia. Ensino remoto de emergência: para uma pedagogia da

metamorfose.

ANDRÉ, M. E. D. A. Estudo de caso em pesquisa e avaliação educacional. Brasília: Liberlivro, 2005.

BELLONI, M. L. Ensaio sobre educação a distância no Brasil. Educação e Sociedade, Campinas SP, v. 78,

BRANDÃO, E. J. R.; SPAGNOLO, C.; TEDESCO, S. Tecnologias e formação docente: (res)significando a

prática pedagógica. Anais do III Simpósio de Tecnologia da Informação da Região Noroeste do Rio

Grande do Sul (STIN). 2012. Disponível em: https://educere.bruc.com.br/ANAIS2013/pdf/9030_5065.

pdf. Acesso em: 29 maio 2021

BRASIL. Decreto nº 9057, de 25 de maio de 2017. Regulamenta o art. 80 da Lei nº 9.394, de 20 de

dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: http://

Revista Científica UNIFAGOC | Caderno Graduação e Pós-Graduação | ISSN: 2525-5517 | Volume V | n.2 | 2020 164

www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Decreto/D9057.htm. Acesso em: 25 abr. 2021.

CYSNEIROS, Paulo G. Novas tecnologias na sala de aula: melhoria do ensino ou inovação conservadora?

IX ENDIPE. Águas de Lindóia, São Paulo, maio de 1999. Anais II, v. 1/1, p. 199-216. Republicado em

Revista Informática Educativa (Bogotá, Colombia, Universidad de los Andres), v. 12, n.1, maio 1999, p.

-24.

GODINHO, Bárbara. Estudo Em Casa: Ensino a Distância ou Ensino Remoto de Emergência em tempos

de pandemia. Revista da UIIP Santarém- Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém,

v. 8, n. 4, p. 194-205, 2020.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. A. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2003.

LÜCK, H. Concepções e processos democráticos de gestão educacional. Petrópolis: Vozes, 2006.

LUPION, Bruno. Como a pandemia de coronavírus impacta o ensino o Brasil. Disponível em: https://www.

dw.com/pt-br/como-a-pandemia-de-coronavírus-impacta-o-ensino-no-brasil/a-53008677. Acesso em: 5

abr. 2021.

MASCARENHAS, Sidnei Augusto. Metodologia científica. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2012.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. Brasil confirma priemiro caso da doença. Disponível em: https://www.saude.gov.

br/noticias/agencia-saude/46435-brasil-confirma-primeiro-caso-de-novo-coronavirus. Acesso em: 21 mar.

MAZUR, Alcione; BENTES, Roberto de Fino. Audioconferência: possibilidades e desafios desse cenário

para a educação a distância. In: 4º Seminário Nacional de Educação a Distância. ABED. 2006. Disponível

em: http://www.abed.org.br/seminario2006/programa.htm. Acesso em: 20 abr. 2021.

MORAN, José. Educação transformadora. Disponível em: http://www2.eca.usp.br/moran/. Acesso em: 05

abr. 2021.

PANTONI, Rodrigo Palucci; CRUZ, Nelly Kazan Sancho. Aprendizagem colaborativa no EAD sob a

perspectiva do uso de ferramentas síncronas e assíncronas. In: I Congresso de Educação Profissional e

Tecnológica do IFSP, v. 1, 2015.

PRETTO, Nelson; PINTO, Cláudio da Costa. Tecnologias e novas educações. Rev. Bras. Educ. [online].

, v. 11, n. 31 [cited 2021-04-27], p .19-30. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_

arttext&pid=S1413-247820060001000.3&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 20 abr. 2021.

SILVA A. F.; ESTRELA, F.; LIMA, N. S.; ABREU, C. T. D. A. Saúde mental de docentes universitários em

tempos de pandemia. Physis, 2020, v. 30, n. 2, p. 1-4.

TAJRA. Sanmya Feitosa. Informática na educação: o professor na atualidade. São Paulo: Érica, 1998.

VALENTE, José Armando. Integração das tecnologias na educação. Brasília: Ministério da Educação.

Secretaria de Educação a Distância, 2005.

VALENTE, José Armando. Integração das tecnologias na educação. Brasília: Ministério da Educação.

Secretaria de Educação a Distância, 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.